TRANSFORMAÇÃO GLOBAL DA ENERGIA: A PARTICIPAÇÃO DAS ENERGIAS RENOVÁVEIS NA MATRIZ ELÉTRICA DAS 50 MAIORES ECONOMIASTRANSFORMAÇÃO GLOBAL DA ENERGIA: A PARTICIPAÇÃO DAS ENERGIAS RENOVÁVEIS NA MATRIZ ELÉTRICA DAS 50 MAIORES ECONOMIAS

Matheus Fernando Moro, Anny Key de Souza Mendonça, Gabriel de Andrade Conradi Barni, Antonio Cezar Bornia

Resumo


Diferentes países têm adotado políticas para a redução da emissão de CO2, um dos principais fatores no impacto climático e ambiental. Com base nisso, o objetivo desta pesquisa foi investigar a relação entre o PIB, consumo de energia, participação de energias renováveis e as emissões de CO2 per capita das 50 maiores economias do mundo, para o período de 1990 a 2015. Realizou-se a correlação de Pearson entre as variáveis e uma análise de cluster para verificar o perfil dos países que possuem similaridades, ao longo do tempo, na participação de energias renováveis em sua matriz elétrica. Os resultados encontrados sugerem correlação positiva, de moderada a forte, entre crescimento econômico e consumo de energia e correlação negativa, de fraca a moderada, entre participação de energias renováveis na matriz elétrica dos países e emissão de CO2. A análise de cluster separou os países em três grupos, sendo o primeiro deles aquele que mais possui energia renovável em sua matriz elétrica, composto por países como Brasil, Canadá e Noruega.


Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.29183/2447-3073.MIX2019.v5.n4.115-123

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Matheus Fernando Moro, Anny Key de Souza Mendonça, Gabriel de Andrade Conradi Barni, Antonio Cezar Bornia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.